Essa é uma reflexão sobre comparação.

Não preciso ser muito esperta para saber que você já se comparou a outra pessoa pelo menos meia dúzia de vezes.

Nossa… e que sensação horrível né?

Comparação é tirar a prova para saber qual é o melhor, no entanto, mas esse método só serve para coisas, não se aplica a pessoas.

Coisas são feitas em uma linha de produção, pessoas não. Pessoas são inigualáveis, ainda que tudo seja igual, ainda será tudo diferente.

Como disse no início quero levá-la a refletir se vale a pena agredir a si mesma com essa condição enfraquecedora.

Vem vê.

 

PORQUE A COMPARAÇÃO É PREJUDICIAL

Plantinhas diferentes

A comparação é prejudicial porque ela vai sempre eliminar uma das opções, sempre. Em nossa concepção e dependendo da necessidade uma coisa vai sempre atender mais às expectativas que outras.

Mas isso, funciona muito bem para objetos, casas, carros, telefones, maquiagens e muitas outras, mas não funciona com pessoas, ou não deveria.

Esse tempo contemporâneo contou uma mentira para nós: de que éramos objetos, e o pior que decidimos acreditar que isso é verdade.

Comparar um sofá com o outro é ok, ou uma marca com a outra, mas comparar pessoas não está certo.

Digo isso pelo fato de que temos digitais diferentes e isso tem uma razão, identidade.

Talvez você esteja triste porque foi trocada por causa de uma comparação em que julgaram que a outra opção era a melhor, mas hoje quero te encorajar a pensar sobre uma nova perspectiva.

 

Quem te compara com outra pessoa não merece seu respeito

Uma pessoa que tem coragem de medir outra, não é inteligente, pelo motivo de ser um método falho, para se medir pessoas não existe check-list com tanta competência.

E ainda nosso criador diz assim: “Tu criaste cada parte do meu corpo; tu me formaste na barriga da minha mãe”. Salmos 139:13

Quer prova maior que essa?

Cada uma de nós veio de uma barriga que no momento da nossa concepção estava de um jeito, justamente para garantir que fôssemos únicas.

A comparação é prejudicial porque tenta te igualar com o outro e toda vez que nos igualamos a alguém nos nivelamos por baixo.

Pegamos todo o potencial das duas partes e reduzimos a pó.

Temos a covardia de ignorar nossas características, nossas qualidades, nossos defeitos e dizer que eles não são importantes porque damos mais importância para aquela habilidade ou aptidão que justamente não pertence a nós.

Você acha que é justo, fazer isso com você?

 

QUAIS OS DANOS DA COMPARAÇÃO

Queria que notasse uma coisa, quase nunca comparamos o que é nosso, só o que não é. Não temos o hábito de comparar as nossas forças e sim as nossas fraquezas com a de outras pessoas, isso é surreal, é um verdadeiro exercício de infelicidade.

Porque não estamos satisfeitas como que é nosso, queremos quase sempre ou damos mais importância para o que é da outra?

A comparação é acompanhada pelo sentimento de engano, de que você nunca será boa o bastante.

E quem disse que temos que ser boas o bastante? Onde está escrito que ser quem somos não é suficiente?

Eu sei onde está: – na subjetividade.

Está em um sistema perfeccionista inalcançável que me diz que eu sempre preciso ser melhor que a minha companheira.

E junto com isso nasce a competição.

Competição é para anunciar ao mundo os vencedores, mas por estarmos aqui, já não somos?

Ganhamos a corrida mais importante, a que justamente nos deu a vida, a intra uterina.

 

Um dano grave da comparação é a ingratidão.

Como estamos tão obstinadas por aquilo que não temos esquecemos de nos alegrar por aquilo que temos.

Isso traz junto consigo sentimentos de tristeza, incapacidade, desvalia, síndromes, culpas que são frutos da nossa desordem emocional, por falta de racionalidade mesmo.

E contemplar o mundo maravilhoso que têm dentro de si.

Sim!

Você foi criada de maneira extraordinária para viver o extraordinário, mesmo que isso signifique viver em paz consigo mesma.

A grandeza e o contentamento está nos olhos de quem vê 😀

Até quando você vai se machucar se comparando assim?

 

COMO PROTEGER SEU CORAÇÃO DA COMPARAÇÃO

Mas Bárbara, e então?

Bem minha amiga, eu só posso te ensinar o que eu vivo, só posso compartilhar das minhas lutas e das minhas dores.

São elas que vão te devolver para o caminho certo.

Um dia, no meio de uma “das crises” de comparação em que me percebi prostrada e sem reação, exausta por andar em círculos emocionais, que deixava um buraco na minha auto estima cada vez maior.

Porque nunca, nada que eu crescia ou melhorava era suficiente para alcançar o outro, – e deixa eu te contar uma coisa: nunca será. – tomei uma atitude que levou todas essas dores embora.

 

O SOCORRO PARA A COMPARAÇÃO CHEGOU

Olhei para o alto e pedi socorro, e Deus que em sua infinita bondade me socorreu com essa palavra:

Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.

Portanto, não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares.

Ainda que, as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza.

Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo.

Deus está no meio dela; não se abalará. Deus a ajudará, já ao romper da manhã.

Os gentios se embraveceram; os reinos se moveram; ele levantou a sua voz e a terra se derreteu.

O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.

Vinde, contemplai as obras do Senhor; que desolações tem feito na terra!

Ele faz cessar as guerras até ao fim da terra; quebra o arco e corta a lança; queima os carros no fogo.

Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra.

O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. Salmos 46:1-11

 

É incrível como a Palavra de Deus tem o poder de transformar a gente de dentro para fora quase que imediatamente, além disso, ela que regenera nosso espírito.

No mesmo instante eu me senti abrigada nos braços de um Pai que não me criou para viver em meio às guerras de crise de identidade. Ele mesmo deu um jeito de cessar a guerra que eu tinha declarado comigo mesma de me comparar a outra pessoa.

E no meio do caos que a comparação faz com seus sentimentos, Ele trouxe paz. E essa paz veio por entender que Ele se colocou no governo da situação, quando me mandou aquietar.

Isso é um cuidado que você também pode desfrutar se aceitar-se do jeitinho que é.

 

A COMPARAÇÃO DEU LUGAR PARA A AFIRMAÇÃO

Plantas diferentes

Deus me fez saber que assim como você somos criação Dele e Ele não cria nada sem um propósito exclusivo.

Sim, nós fomos feitas com exclusivismo para a exclusividade!

Fomos designadas para uma vida que só nós podemos viver e nessa vida não cabe a comparação.

E isso me ensinou que eu não posso perder o meu tempo, jogando o jogo de outra pessoa, ou seja, viver em prol da comparação. O tempo é curto e a única pessoa que eu preciso ser melhor todos os dias sou eu mesma, porque estou num caminho de evolução.

Se eu tiver que perder, que seja pra mim… e se eu tiver que ganhar que seja de mim.

Fazer isso com os outros e deixar que façam com você é covardia, digo de novo.

E eu não quero ser esse tipo de mulher, antes quero ser aquela que é capaz de aceitar as diferenças e conviver com conforto com elas, porque a realidade da minha vida agora é entender que me comparar é pedir para sofrer o game over.

 

Seja bárbara

Se aceite única

Seja feliz com quem é

Firme suas forças e seja boa com suas fraquezas.

 

Abração,

Bah Georgiane

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert